sábado, 19 de abril de 2014

A Literatura perde um grande escritor

"Não é verdade que as pessoas param de perseguir os sonhos porque elas envelhecem, elas envelhecem porque param de perseguir sonhos".
Gabriel García Márquez

Escritor Gabriel García Márquez morre aos 87 anos no México, nesta quinta-feira (17).

Ele ficou internado com pneumonia e infecção respiratória na Cidade do México, onde morava, entre o fim de março e início de abril.
Considerado um dos mais importantes escritores do século 20 e um dos mais renomados autores latinos da história, Gabriel Garcia Márquez nasceu em 6 de março de 1927, em Aracataca, na Colômibia.
Sue primeiro romance, "A revoada (O enterro do diabo)", foi escrito no início da década de 1950, mas publicado apenas em 1955.
Seu sucesso internacional veio com o romance "Cem anos de solidão" em 1967. Até hoje, vendeu mais de 50 milhões de exemplares. Considerado, ao lado de "Dom Quixote", de Miguel de Cervantes, um dos livros mais importantes da literatura em língua espanhola.
Márquez recebeu o Prêmio Nobel de Literatura em 1982 pelo conjunto de sua obra. Foi o primeiro colombiano e quarto latino-americano a receber o prêmio, e, na ocasião, agradeceu com um discurso intitulado "A solidão na América Latina".
"El Gabo", como era conhecido na América Latina, continuou escrevendo até o final da década de 90, mas seu trabalho foi reduzido a partir de 1999, quando recebeu o diagnóstico de um câncer linfático. Em 2002, ainda em tratamento, publicou sua autobiografia, "Viver para contar".


 Algumas de suas obras:









Gabrie

quarta-feira, 9 de abril de 2014

Assinatura da Minuta do PMLLLB

A Primavera dos Livros acontece de 10 a 14 de abril nos jardins da Praça Dom José Gaspar, no centro de São Paulo. A programação conta com diversas atividades, palestras, debates, lançamentos de livros, entre outras ações especiais e interativas. Confira aqui a programação completa da http://libre.org.br/noticia/254/veja-aqui-a-programacao-completa-da-primavera-dos-livros-sp-2014

Quinta-feira - 10/04

Auditório da Biblioteca Mário de Andrade
9h00/9h30 Abertura oficial da Primavera dos Livros

9h30/10h00 Liberte a poesia
Com Roberta Ferraz

10h00/11h00 Coquetel

11h00/12h30 Assinatura do protocolo do Plano Municipal do Livro, Leitura,
Literatura e Biblioteca (PMLLLB)

Com Juca Ferreira (Secretário Municipal de Cultura) e

Cesar R. Callegari (Secretário Municipal de Educação)

17h30/19h30 50 anos do Golpe
Exibição do documentário "O dia que durou 21 anos" - Pequi Filmes

20h00/22h00 Democracia na história – 50 anos do Golpe
Com Quartim de Moraes, Milton Pinheiro e Paulo Arantes

terça-feira, 1 de abril de 2014

"ESTIVE NA BIBLIOTECA E LEMBREI DE VOCÊS"

O primeiro Clube de Leitura, evento aberto ao público que acontece(rá) mensalmente na Biblioteca Comunitária Caminhos da Leitura abriu portas e janelas para que nesta última quinta-feira (27) recebêssemos Luiz Ruffato, conceituado autor de diversas obras da literatura brasileira contemporânea, incluindo o livro-assunto do último Clube de Leitura (“Estive em Lisboa e lembrei de você”, 2009, Cia das Letras). Simpaticíssimo, Ruffato relata memórias e responde diversas questões sobre sua vida e obras. A conversa envolve temas como “quando começa o gosto pela leitura, como as personagens são envolvidas, a questão do acesso e/ou da falta do livro, como ele gostaria de ser lembrado e o resgate da memória”.
Janine, que representou a Companhia das Letras e que facilitou a visita do autor, ficou encantada com o espaço e como o evento foi organizado.


Em breve, vai rolar a entrevista com Luiz Ruffato aqui na página.

Tamiris Melo

QUEM CONTA UMA HISTÓRIA, AUMENTA UM CONTO

 Biblioteca Comunitária Caminhos da Leitura recebeu nesta última quarta-feira (26), o contador de histórias Gilberto Pedroza – ou Giba, como prefere ser chamado. O IBEAC (Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário) e aBibliASPA articularam esta impressionante visita.
O bate-papo com Giba Pedroza encantou olhos e ouvidos com a apresentação de histórias árabes conhecidas em todo o Oriente Médio e que tocaram as culturas mundo afora. Os contos mais conhecidos são os de Mulá Nasrudin (mulá significa mestre, em árabe) que era sábio popular. Hoje, Nasrudin inspira histórias e anedotas divertidas. Além de autor de livros infantis e grande pesquisador da tradição oral, Giba era amicíssimo de Tatiana Belinky, uma das principais autoras de livros infanto-juvenis contemporâneas.


Tamiris Melo
Com Giba Pedroza